Augusto Cacá

A poesia representa o homem para que ele se reconheça, se estranhe e se transforme. Fadas Guerreiras

Textos

Você
Já que você não é de se assustar com pequenos perigos,
não se impressiona com pouco dinheiro
e está sempre contente...

Já que você tem boas idéias,
mas tem um chefe que não acompanha,
que quer vê-la submissa
perseguindo metas impossíveis...

Já que, se você trabalha muito hoje,
tem mais serviço amanhã
e não sabe o que fazer com o tempo...

Que tal jogar tudo pro alto
e retomar velhos planos,
por mais loucos que pareçam,
e esbanjar alegria?

afinal, você é linda,
como eu.

(do livro: Fadas Guerreiras, à venda em www.caca.art.br)
Carlos Augusto Cacá
Enviado por Carlos Augusto Cacá em 03/02/2007
Alterado em 18/02/2007


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras